Meu Ursinho Carinhoso

 

Viralizou um video no TikTok¹ em que perguntaram a piriguetes americanas se elas preferem ficar presas na floresta com um homem ou um urso. É óbvio que elas escolheram o urso, então o meme sexista de ódio a macho do ursinho carinhoso está fazendo sucesso em páginas feministas, onde em massa mulheres confirmam que preferem o urso enquanto dão risada do quanto homens são mesmo escrotos e assassinos.

Isso me lembra que o QI de humanos provavelmente está caindo porque ser idiota é hoje uma atividade segura. Na natureza selvagem, a seleção natural elimina os imbecis do pool genético, coisa que não mais ocorre com o urbanóide da era digital porque ser imbecil não é mais uma atividade fatal como era para os nossos ancestrais na floresta.

Um dos raciocínios retardados por trás da preferência pelos ursos é de que eles matam pouquíssimas pessoas por ano, enquanto homens matam milhares de vezes mais. A pérola é digna do prêmio Darwin². Tubarões brancos, por exemplo, matam no máximo umas dez pessoas por ano, mas se você pular na água com tubarões brancos porque acha que isso é mais seguro do que nadar com homens, vai falecer para a história como o prêmio Darwin do milênio.

Na verdade, mulheres matam milhares de vezes mais homens do que ursos. Nenhum homem vai ser otário o suficiente para escolher o urso por causa disso, o que talvez explique porque nunca houve uma civilização erguida e mantida por feministas. Há outras razões retardadas circulando em favor dos ursos, como por exemplo, a ideia de que ursos só matam se forem provocados. 

A teoria não funcionou muito bem para duas mulheres que foram mortas na mesma noite³ em locais diferentes no Glacier Park. Jamais saberemos se essas duas preferiam ursos ou homens, então só o que podemos fazer é lamentar o fato de que encontraram um urso e não um homem na floresta. Está realmente difícil encontrar homem hoje em dia, especialmente no mato.

A própria ideia do não atacar a não ser que seja provocado já é retardada porque homens não rasgam você ao meio quando são provocados. Homem você pode insultar, provocar, xingar nas redes sociais, chutar e estapear que eles não fazem nada. Amber Heard socou Johnny Depp na cara, arrancou parte do seu dedo com uma garrafada aérea, acabou com sua carreira com falsas acusações, e o que ele fez? Nada. Amber Heard só está viva hoje porque Depp não é nenhum urso, é só um macho babaca normal igual aos milhões de outros que se vê por aí na selva urbana. 

Podemos ver no noticiário⁴ o que homens fazem quando são atacados por mulheres no caso da mulher que expeliu pela boca injúrias raciais e atacou um motoboy negro na rua em São Conrado, que fez o que qualquer homem naquela situação faria: nada. Aliás, a razão pela qual mulheres tem coragem de atacar e insultar homens é porque elas sabem muito bem que eles não são ursos. 

Se fosse socialmente autorizado a homens encher mulher de porrada quando provocados, o mundo seria um lugar bem diferente, já que mulheres se comportariam com homens como homens se comportam com o Mike Tyson. Homens tratam o Tyson como eles tratam as mulheres. Não tem essa de chutar, estapear ou insultar histericamente porque, para homens, Tyson é uma mulher, portanto tem sempre razão e sua palavra vale como prova mesmo que alguém prove o contrário.

O motivo mais insano que ouvi para preferir ursos, entretanto, é a ideia de que um urso só vai te matar, enquanto um homem pode fazer coisa pior. Desconheço que coisa pior seria essa, já que a pior coisa que um homem poderia fazer com uma mulher na floresta é atirá-la aos ursos. Um urso não mata sua presa antes de comer, ele arranca pedaço por pedaço enquanto ela ainda está viva. Super delícia, disse o ursinho enquanto conversa com sua refeição.

Essa lorota de que ter que dar à força é pior que a morte, como sabemos, é papo furado de girl power empoderada que acha que não precisa de urso pra nada. Se um grizzly de 270kg pudesse explicar a uma mulher na floresta o que vai fazer se ela não quiser dar, ia rolar sexo sim. Surubão gostoso, com juras de amor, carinho, beijinho, kétchy, porta dos fundos, dança do pirata doido, chuveirinho e tudo mais que o seu peludinho apaixonado precisar para se sentir saciado e feliz.

Talvez seja essa a razão dessa tara irracional por ursos. Só um urso rosnador, fortão e unhudo com cara de bad boy pode arrastar mulheres para um jantar romântico e oferecer a elas a opção Hannibal Lecter: ou eu te como viva, ou eu te como viva. Seja lá o que a piriguete escolher no cardápio, no final ele vai dizer que ela é mesmo muito gostosa. Não tem como recusar uma oferta dessas, então é festa na floresta. Como já dizia a mamãe ursa, se o urso é inevitável, relaxa e goza. 




Postagens mais visitadas deste blog

O Fardo da Mulher Extrovertida

Calabresa Fagundes

Iara Dupont

A Casada e o Shortinho

O Mundo de Cinderela