Pai Aço

 


Dia dos pais é aquele dia em que feministas lembram que homens viralizam apenas por pentear o cabelo da filha, insinuando que homens ganham audiência por fazer coisas sem importância. Isso é falso. Mulheres são o gênero que tem o privilégio de viralizar por fazer nulidades, coisa que podemos verificar no Instagram, onde várias viralizam apenas por empinar a bunda. Isso já é mais do que é exigido delas, pois no OnlyFans já temos mulheres viralizando apenas por dormir¹ com a webcam ligada. Ser mulher é tão difícil, mas tão difícil, que você pode faturar quinze mil dólares por dia dormindo. Sozinha, sem precisar dividir a cama com nenhum barbado.

Para viralizar no Fantástico, basta ser mulher e criar os filhos sozinha. Ganha documentário, visibilidade nacional, legislação só pare elas e troféu de mamãe guerreira. Alguém já viu documentário no Fantástico de pais que criam os pacotinhos sozinhos? Difícil, já que homens que fazem o mínimo, como sustentar e criar os filhos, por exemplo, não são o que podemos chamar de campeões de audiência. 

Pai para viralizar tem que fazer mais do que o mínimo, tem que ser um pai plãs, então vários estão viralizando por levar as filhas ao cinema fantasiados de Barbie² ou vestindo alguma roupa rosa. Não basta ser pai, tem que pagar mico. Eu iria preferir ir de Barbie astronauta, talvez jogadora de futebol, que é a fantasia da estação em época de Copa do Mundo, mas se o papai faz questão de ir de bailarina, também serve. Consideramos robusta toda a forma de amor.

Esse ano, feministas parece que se esqueceram de postar os costumeiros memes depreciativos sobre homens que se acham alguma coisa só porque são pais. Creio que estão ocupadas demais postando memes de macho frágil para zoar homens que foram ver a Barbie e não gostaram. Não fás centido esses memes. O mínimo que se pode dizer sobre um homem que vai ao cinema ver filme de boneca é que ele está absolutamente seguro da sua masculinidade, o que prova em definitivo que homens não ganham audiência por fazer o mínimo.

Já viu mãe fantasiada de Batman para levar seu muleke no último blockembuster do Machomorcego? Sei lá, talvez alguma fantasiada de pepeca azul-vermelha para ver o Homem-Aranha com o filho? Não? Pois então. Lembrem-se meninos: pai mesmo é quem faz. Quem cria é o vizinho corno que levou uma fraude parental na testa. 

Um feliz Dia dos Pais para todos os papais: os que fazem, os plãs, os standard e os cucks chifrudos. Há também os que são pais e não sabem, e acabam descobrindo anos depois. Não sou nenhum Steve Tyler, mas quem sabe o que o futuro reserva para os que também tem passado? A Barbie eu já assisti, então só o que me falta para viralizar é uma Liv Tyler. Não tem como não ser campeão de audiência com uma filha dessas. Pai plãs plãs do milênio.

Rock'n'roll will never die.


Postagens mais visitadas deste blog

O Fardo da Mulher Extrovertida

Calabresa Fagundes

A Casada e o Shortinho

Iara Dupont

O Mundo de Cinderela