Boneca quer Bola

 

Não é mais possível esconder: até a Folha¹ já sabe que a Barbie está batendo um bolão. Não só ultrapassou Oppenheimer nas bilheterias como roubou a cena da seleção feminina em ano de Copa do Mundo. Há mais mulheres vestidas de rosa nas filas do cinema do que na Marcha das Mulheres, e o número de mulheres com camisa da seleção na rua é menor do que o de feministas querendo se alistar no exército na Ucrânia. 

Justiça seja feita, a Barbie jogadora de futebol²  já existe desde 1998, mas seleção feminina de futebol no Brasil ainda não temos. O que tem é seleção feminista, aquela que te chama de machista. Essa técnica de dizer que eu sou machista e misógino para me motivar a assistir aos jogos funcionaria se eu não fosse ser acusado mais dessas coisas depois disso. Tem certificado de homem desconstruído para quem assistir aos jogos? Ganho bottom de alienado da calça feminista se ficar adulando a Renata Silveira? Pois então. 

Nessa Copa, a seleção feminista³ está tentando me convencer de que é relevante, que está batendo recordes de audiência e provou que é mito essa história de que ninguém liga para o futebol feminino. Sem querer entrar no mérito da questão, mas já entrando, já observou que quando feminista consegue alguma coisa isso é mérito dela, e quando não consegue isso é culpa do patriarcado?

Barbie está arrecadando somas indecentes⁴ de dinheiro, e é evidente que o mérito é de Margot Robbie, Greta Gerwig e outras mulheres envolvidas na produção. Caso o filme tivesse sido um fiasco nas bilheterias, aí a culpa seria ser minha. Afinal, todo mundo sabe que quando um filme de mulheres, pelas mulheres e para mulheres vai pro brejo, a culpa é dos homens. 

A verdade sobre o futebol feminino, digo, feminista, é que ninguém liga. Ninguém liga se eu estou ligando ou não, portanto sou importante somente enquanto puderem me usar como desculpa para explicar por que as coisas estão dando errado. Quando tudo vai bem, aí eu sou mais irrelevante do que o Ken. Entendeu agora porque não há ninguém preocupado porque eu não estou nem aí para a London Fashion Week?





Postagens mais visitadas deste blog

O Fardo da Mulher Extrovertida

Calabresa Fagundes

A Casada e o Shortinho

Iara Dupont

O Mundo de Cinderela