Beewsca

 

Não tenho nada contra beewscateiras, especialmente as que aparecem na minha página em desespero para sair do armário. Como sempre digo, cada um nessa vida se defende como pode, então se a criatura acha que tem chance de subir na vida deslizando a xereca no corrimão da esperança, eu dou minha bênção, porque meu dinheiro não leva de jeito nenhum.

Beewscateira eu cruzei com certeza no mínimo com uma no passado, por sorte na época em que eu ainda não era bonito. Ela deu umas lambidas, umas usadas, analisou clinicamente o quadro, verificou que eu não tinha a quantidade de beleza que ela estava buscando e me abandonou. O nome técnico que usam hoje é ghosting, mas naquele tempo não havia essas nomenclaturas modernosas afrescoolradas, então foi pé na bunda mesmo. Doeu, mas foi bom. Na realidade foi muito bom, talvez ótimo. Ok, foi fantástico, pelo menos até a parte do pé na bunda.

Minha sorte é que só consegui ficar bonito depois de criar juízo, pois se a beleza tivesse vindo antes eu certamente teria virado boi de piranha. Por sorte também, já que juízo me faltou, juízo hoje eu tenho para dar e alugar, então meu beewscateirômetro é tão preciso que eu detecto que é beewsca só de observar onde elas colocam a vírgula. É impressionante a quantidade de informação que podemos obter sobre os outros apenas analisando a maneira como usam a língua.

Falou que quem convida paga porque não trabalha para sustentar macho, além de beewscateira, faz cocô na cama e coloca a culpa no totó. Garantido. Eu faço cirurgia de troca de sexo e caso com o Newgaum do Zapzap se a Bruninha alguma vez na vida convidou um homem para jantar e pagou a conta para ele para honrar a própria regra. Com certeza jamais fez isso, até porque já disse qual é a regra: não trabalha para sustentar macho. Como disse, não tenho nada contra beewscas, mas gente que faz cocô na cama e coloca a culpa no totó eu não simpatizo.

A maneira como ela calcula valores também denuncia que é beewsca. Quando o homem paga a conta para os dois, ela vai dar risada da suposição de que isso é ser sustentada, mas quando ela paga nada mais do que aquilo que consumiu no restaurante, aí está sustentando macho. Hummm... beewsca com certeza, e das desonestas. Essa é daquelas que vai dar ghosting no boi de piranha assim que o pato perder o emprego, então todo cuidado é pouco com beewscateiras, especialmente as salafrárias.

Postagens mais visitadas deste blog

O Fardo da Mulher Extrovertida

Calabresa Fagundes

A Casada e o Shortinho

Iara Dupont

O Mundo de Cinderela