Lullaby

 


Muitas mulheres se perguntam o que homens oferecem além de pau e mentiras. Essa é uma típica pergunta de menina, pois mulheres se negam a pegar no piu-piu de homens que falam verdades. A segunda coisa mais sincera no universo, depois de um pinto duro, é um cartão de crédito possante disposto a pagar vários boletos. Não há como fingir ou simular esses itens, então qualquer sinceridade que homens queiram entregar além disso não só é desnecessária, como considerada violência de gênero. 

Sendo assim, minta. Minta sem remorso, pois isso é exigência das mulheres. O mundo para as meninas é um Halloween: verduras ou travessuras. Elas inclusive irão testar sua inteligência pedindo sinceridade, mas isso é só um feitiço de bruxinha que elas usam para manipulá-lo com fim de descobrir se você é pato, então não seja pato, cué cué? 

Como de costume, meninas vão dizer que eu sou um machista escroto que faz força para gostar de mulher pois estou a entregar verduras. Anexo então aos autos a prova número 115.436, um artigo da Revista Crescer¹ que fala de dois alfinhas no Tik Tok, que após entregar verduras, estão sendo acusados de serem machistinhas escrotinhos que fazem forcinha para gostar de mulher. Eu juro que gostaria de estar mentindo ou enganado sobre esse assunto, mas a realidade é aquela verdura dura que se espatifa na sua cara você querendo ou não. 

A dura verdura é que meninas só toleram a calabresa. As verduras elas enjeitam e deixam em um canto do prato enquanto fazem cara de nojinho. Não há o que eu possa fazer a respeito. A culpa não é minha, então não adianta atirar pedra. Não sou o verdureiro, sou só o motoboy. Se eu não entregar esse delivery, nada muda na verdura, pois vai continuar dura e enjeitada no canto do prato igual.

Meninas, se pudessem, colocariam esses dois motoboys em uma lista negra para que nunca mais tivessem acesso a sexo hetero nem com mulher trans, que dirá cis. Isso é tão previsível que chega a me dar sono, assim como é previsível que elas vão surtar violentamente quando descobrirem que essa lista não adianta nada, é só um golpe que as bruxinhas arteiras usam para tirar as desavisadas do páreo. Deve ser triste nascer bruxinha, vir ao mundo com um cérebro calibrado e preparado para fazer feitiços, e não conseguir detectar que está sendo vítima de outras arteiras mais arteiras que você. Nada disso também é culpa minha, então não adianta atirar pedra. 

Mas que terríveis verduras esses motoboys estão entregando? Bem, o pirralho é incel, nem as gordopositivas o querem, então decide que vai malhar seis horas por dia, passar a peito de frango, alface, suplementos e remedinho pra cavalo. Depois que virar o Wolverine, várias Beyoncé vão começar a correr atrás dele, mas as Jojo Toddynho se revoltam porque os Wolverininhos não vão passar esse trabalho todo para ficar com meninas de cintura larga. 

Tadinho dos pirralhos. Ainda tentaram passar KY na verdura e usar termos politicamente corretos. Poderiam ter dito que não pegam baranga, bagulho e baleia, mas não. Só o que disseram é que não querem meninas de cintura larga. Por falar nisso, essa é uma lista de critérios sincera, honesta, fácil, curtinha, acessível e ao alcance de qualquer mulher, então não há razão alguma para fazer esse escândalo todo. Por que um indivíduo que faz uma força descomunal para agradar mulheres vai ter que rodar de fusquinha se há várias Ferrari correndo atrás é algo que não consigo entender, mas no mundo Cinderela Vampirão Corpúsculo das meninas, é assim que deveria ser. Não consigo encontrar nenhuma justificativa para essa hipergâmica insanidade, mas se existir alguma é só falar. Sou todo orelhas. 

O fato é que esses alfinhas estão oferecendo um serviço de utilidade pública heroico, arriscado e desinteressado em prol das meninas. Se você não está no padrão desses pirralhos, não deveria nem dar bom dia a eles. Ficar sozinha perto desses indivíduos então, nem pensar. Sua pepequinha vai começar a piscar, você vai perder o controle, como sempre acontece, e vai acabar atoladinha. Isso se estiver sóbria, pois se beber meio copo de gimcumtônica, o estrago é bem maior. O Intercept vai fazer matérias sobre o evento, você vai acabar no Jornal Nacional, e até leis vão fazer em seu nome para consertar o estrago que você aprontou porque não consegue controlar sua perseguida.

Imagine a cena: o alfinha está no sofá da fazenda do papai, quieto no canto dele sem incomodar ninguém, e a circunferência larga vai lá dar uma de Jojo Toddynho e enfiar a mão no bilau do alfinha. Quando você enfia a mão no bilau de um cara, ele vai ficar verdão. A piriguetepositiva, iludida por suas amigas no Instagram que disseram que ela é uma Viúva Negra, vai começar a fazer Lullaby no verdão na esperança de que ele se transforme no Mark Ruffalo. O problema com esse plano lunático e brilhante é que ele vai funcionar, e no outro dia o Banner vai acordar com amnésia pós-verdão. Onde estou? O que aconteceu? Quem é você? Você é a Romanoff? Não? Então tchau.

Nesse momento, ao invés de se revoltar com as amigas cínicas e falsas do Instagram que mentiram para ela, vai se revoltar com o alfinha que é a sinceridade tico duro em pessoa, dizer que ele é escroto e a masculinidade é tóxica. Escrota é você, que sabe muito bem como o verdão funciona, quis manipular o verdão para obter outras coisas além do verdão, e depois chora por não ter conseguido aquilo que você já foi avisada que não vai levar. Homens não fazem força nenhuma para gostar de mulher, mas fazem força para namorar, e para casamento acho que nem existe mais homem forçudo o suficiente para encarar essa encrenca. Até as Romanoff estão com dificuldade de encontrar um guindaste disponível que aguente o tranco.

Pior, essa piriguetepositiva metida a Toddynho é da turminha das escrotas que diz que quando homem nega sexo é vinhado, vaga pelas redes sociais fazendo bullying com homens dizendo que eles são vinhados que fazem força para gostar de mulher. Já esses alfinhas são só anjinhos puros e inocentes tentando ajudar sendo sinceros. Na realidade são vítimas. Vítimas da própria libido, vítimas de convenções sociais fabricadas por mulheres e do bullying estrutural que elas praticam com fim de manipular homens e extrair deles coisas para as quais não dariam consentimento se não fossem vítimas dessas pressões. E quando o plano da gangue das Luluzinhas falha, o que acontece? Vão atiçar a gangue para fazer mais bullying e culpar a vítima por conseguir não ter sido vítima da sua bruxaria predatória.  

Por falar em bruxaria, encontrei um outro artigo² escrito por bruxinhas, que fala sobre homens que querem liberdade para dizer não. Se o cara sofre pressão violenta de mulheres para entregar o pinto sempre, sob pena de sofrer bullying da patrulha e acusações de ser um machista escroto vinhado que faz força para gostar de mulher, por que a patrulha fica escrevendo artigos fofinhos sobre bofes que querem se curar do seu machismo conquistando o direito de dizer não? Não fás sentido. Estou mentindo, é claro, pois faz todo o sentido do universo. 

Mulheres são o gênero que anda por aí plenamente convencido de que homens não estão vendo as artes que mulheres aprontam. Doce fantasia de Cinderela. Os meninos enxergam tudo, mas os espertos ficam com o bico fechado. Mas por que os espertos não dão sua opinião sincera sobre certos assuntos? Bem, primeiro porque meninos espertos sabem que não devem entregar verduras em hipótese alguma, e segundo, porque essa verdura é segredo. Como é segredo, não vou fazer o delivery.

Também sou um cara legal, bem intencionado e que adora ajudar as meninas, ainda que leve pedrada por isso, então vou terminar com um conselho: livre-se dessas suas amigas víboras do Instagram. Essas suas amigas não prestam, nem nunca vão prestar. Se você quer uma amizade sincera, arranje um amigo homem, mas por favor, não invente de colocar essa sua mão cheia de dedos no piu-piu dele, ok? Enjeitar é pecado, e como meninos são anjinhos puros, inocentes e livres de maldade, você vai estragar sua amizade por causa de um Lullaby. Está perdido o recado. Se alguém achou, foi roubado.


Postagens mais visitadas deste blog

O Fardo da Mulher Extrovertida

Calabresa Fagundes

A Casada e o Shortinho

Iara Dupont

O Mundo de Cinderela