Muita Frescura


Não sabemos mais como construir caravelas. Os materiais usados na época dos Fenícios e as técnicas de carpintaria eram transmitidos via tradição oral, portanto se perderam no passado. Felizmente hoje temos Internet, então ao menos podemos deixar registrado para as gerações futuras como é que os GenX e os Millennials faziam para tomar injeção.

No video temos dois indivíduos treinados e aparelhados para comportar-se da maneira que se comportam por suas respectivas épocas. A diferença entre os dois é facilmente explicável por carência de bolacha. Quando eu era pirralho, se um video meu fazendo esse escândalo para tomar injeção caísse em domínio público, eu ia chegar em casa e levar um monte de bolacha do pai. Em seguida eu iria chorando reclamar com a mãe que o pai me bateu por que fiquei de frescure, então ia levar o dobro de bolacha pra parar de frescure. Primeiro porque fiquei de frescure pra tomar injeção, segundo porque fui chorar pra mamãezinha feito bebê chorão só por causa de umas bolachas. Só uma bolachinha não dói, e se eu dissesse que dói ela já me mostrava o cinto. Cinto é o método atômico usado pela família nuclear para curar frescure. Não precisa nem usar. É só mostrar que cura qualquer frescure. Vira o Rambo na hora.

Por falar em Rambo, o sonho dos pirralhos da minha geração era ter a faca do Rambo, pois ela tinha um cabo onde ele guardava agulha e linha. Se a gente se cortasse era só tirar agulha e linha da peixeira, fazer uns 3 ou 15 pontos, cuspir um catarro daqueles verdes em cima para desinfectar e dar liga e eraílson, Adílson. Hoje estamos na era da geração palavras machucam, então essa reação histérica que podemos ver no video por causa de uma agulhinha que nem linha tem não é algo que me surpreenda. Os Millenials são tão cheios de frescure que eu tenho que escrever frescure em código para não ter que aturar dupla frescure: vão ficar de frescure porque não usei gênero neutro e depois fazer mais frescure porque falei frescure.

Não sei por que tanta frescure por causa de frescure, já que essa geração nem mesmo sabe o que significa frescure. Frescure, para dar um exemplo bem fresquinhe, é a reação histérica que bebezões mimados têm quando você informa a eles que eles são bebezões mimados e histéricos. Muita frescure. Muita. Se tivessem levado bolacha na hora que tinham que levar, isso não estaria acontecendo. Nada que um cinto não cure. Uma sessão de cinta de desfrescuramento fitness nos glúteos por dia durante uma semana é o que basta. Depois disso não precisa mais usar o cinto, é só mostrar que o bebêzão para com a frescure no ato. Um santo remédio.

Postagens mais visitadas deste blog

O Fardo da Mulher Extrovertida

Calabresa Fagundes

A Casada e o Shortinho

Iara Dupont

O Mundo de Cinderela