Feministo Sincero


 Sinceridade é algo que admiro, então não pude deixar de me emocionar-me com a sinceridade desse cartaz sincero de um feministo sincero:


"Eu preciso de feminismo porque fingindo que me importo eu consigo transar. Sério, de que outra maneira isso vai acontecer?"

Há aqui uma dupla ironia invertida carpada. Esse é daqueles cartazes míticos que ou são muito geniais, ou muito jumentos. Tudo vai depender de como você interpreta o que esse feministo escreveu, embora em nenhuma das interpretações possíveis seja possível concluir que o cartaz é genial. Isso quer dizer que, quando é uma coisa ou outra, se não pode ser uma coisa, então com certeza é a outra.

Se entendermos que ele de fato não se importa e só está ali para mendigar buceta, esse é um cartaz jumento, já que você não vai comer ninguém com isso, o que é irônico. Alternativamente poderíamos entender que ele está sendo irônico. Na realidade ele se importa, mas está dizendo que não se importa para tentar ser fofinho na esperança de que isso comova alguma piriguete. O que temos nesse caso é um jumento fofinho, porque também não vai comer ninguém com esse jeito fofinho de mendigar buceta. A ironia é que se ele não está tentando ser irônico, isso é uma ironia. Caso esteja tentando ser irônico, a ironia não vai funcionar. Gente que tenta uma ironia que não funciona não é irônica, é só ridícula mesmo.

Bem, talvez ele imagine que vai realmente conseguir comer alguém com esse cartaz, o que significa que é um retardado. Talvez pense que não vai conseguir comer ninguém com ele, mas como sem ele não vai comer ninguém também, então não custa nada sinalizar que é retardado. Sempre pode haver alguma feminista com tara por retardados, o que é difícil, já que de feministos elas querem distância. 

Sei lá, o cara não está fazendo nada de útil da vida mesmo, então não custa tentar. Vai que rola, né? A esperança é a última que morre, embora não no caso de feministos, já que, se depender de feministas, elas capam eles antes e deixam a esperança pra morrer depois. Melhor morrer em meio a gatos e vibradores do que com um retardado que escreve cartaz para mendigar buceta. Que Frida nos livre dessa assombração. Em nome da Deusa, da Filha da Deusa e da Periquita Santa, amém!

Como podemos ver, em todo os cenários possíveis e imagináveis, a única conclusão possível é que esse indivíduo é retardado. Sério, que outra conclusão você esperava a respeito de um feministo? O fato é que seja lá o que esse feministo pretendeu que entendêssemos desse cartaz, o objetivo, no fim, era molhar o biscoito. Sério, que outro objetivo ele poderia ter ao dizer que precisa de feminismo?

Postagens mais visitadas deste blog

O Fardo da Mulher Extrovertida

Calabresa Fagundes

A Casada e o Shortinho

Iara Dupont

O Mundo de Cinderela