O seu Bilau é meu

 

Por que Jojo Todynho colocou a mão no piu-piu do cantor Mariano sem pedir permissão? Porque meninas acham que todos os piu-pius do universo são sua propriedade. Afinal, são meninas, e meninas tem certos privilégios, como não precisar respeitar consentimento masculino. Erradas não estão, pois consentimento sexual masculino nunca existiu, e ainda hoje, mesmo que esteja formalmente previsto na legislação de alguns países - mas não todos - continua sendo tratado na cultura como uma entidade não existente.

Jojinho não cometeu assédio, mas sim, crime de importunação sexual, que de acordo com o art. 215-A do Código Penal é praticar sem consentimento ato libidinoso, com pena de 1 a 5 anos de prisão. Mariano é menino, portanto nem mesmo o juiz vai se atrever a enxergar violação de consentimento naquele pinto, já que não se pode violar algo que homens não possuem. E depois, Jojinho é menina. Não teve a intenção de importunar sexualmente, pois meninas são sempre puras e virtuosas. O que temos, portanto, é importunação sexual culposa. Pode absolver pois esse crime não existe no regramento jurídico.

Evidente que, para as lacraias peludas do Universa¹, não é possível admitir que consentimento sexual não existe para homens, pois isso seria admitir que mulheres têm privilégios na arena sexual, o que não pega muito bem para a sua tese de que vivemos em uma cultura do estupro, onde não respeitamos o consentimento da mulher. Isso está correto: consentimento sexual só pode ser desrespeitado onde ele existe. Como não existe para homens, ninguém vai dizer que houve violação de consentimento no escândalo JojinhoGate. Adicionalmente podemos observar que, se Mariano tivesse encostado o bilau na mão de Jojinho, aí sim restaria tipificado o crime de importunação sexual. Como não existe, porém, bilauzada reversa, não há que se falar em violação de bilau.

Uma explicação furada e alternativa para explicar essa lambança, entretanto, tem que ser produzida, portanto a matéria do Universa explica que Mariano é na realidade o culpado por essa pegadinha. Foi vítima do próprio machismo, da ideia de que homens têm que estar sempre disponíveis para sexo. O problema é que isso é lenda urbana. Sim, há na cultura o meme de que homens estão sempre dispostos a molhar o biscoito, mas em nenhum lugar existe o meme de que estão dispostos a passar o bilau em qualquer uma. 

Quem tenta vender esse bacalhau podre de zero seletividade são as feministas da turma da positividade corporal, que pensam que homem é um sex machine abestalhado sem critérios que tem a obrigação de ficar de piu-piu duro para qualquer uma, independente do grau de alternatividade corporal. Isso não existe. Para algumas, nem Viagra resolve, então sai pra lá, jaburú! Se tiver que fazer força para gostar de mulher é porque esse javali do pântano é cruza de mamute grávido com avestruz na TPM. Cu-rú-zis! 

Como sempre, feministas estão sempre contando lorota. Sabemos que apontar disponibilidade full time como justificador da bilauzada reversa é lorota pois quando uma mulher é abusada, não é essa a causa que as feministas apontam. Nem poderiam, pois mulheres não têm fama na cultura de estarem sempre disponíveis. Feministas vão apontar como causa o fato de que homens acham que o corpo das mulheres lhes pertence. Mais fake news. Nenhum homem acha que o corpo de mulher alguma lhe pertence, já que existe para mulheres o conceito de consentimento sexual, e ninguém pede consentimento para usar o que pensa ser seu. Como não existe consentimento sexual para homens, já sabemos o que isso significa. As meninas pensam que o bilau dos meninos é delas e está à disposição delas para a hora que quiserem pegar, chupar, sentar ou até mesmo decepar em alguns casos. 

“Você vai, mas o piu-piu fica.” - Lorena Bobbitt

Postagens mais visitadas deste blog

O Fardo da Mulher Extrovertida

Calabresa Fagundes

A Casada e o Shortinho

Iara Dupont

O Mundo de Cinderela