Padrões de Fumaça


Responder nos comentários é comigo mesmo, então silêncio, meninos. A fêmea está revelando a verdadeira razão para existir depilação, maquiagem, academia, shorts enfiados na bunda, melancias de silicone, roupas com cortes projetados para exibir áreas específicas de pele e realçar partes estratégicas do corpo feminino, decotes generosos que exibem tudo que é legalmente permitido pela legislação de trânsito exibir dos ofuscantes faróis de milha e outras pirotecnias libidinotécnicas que ela só usa porque sabe muitíssimo bem que vão servir para obter validação de homens. Validação é um eufemismo sapeca que ela usa para o ato de ativar a libido masculina através da visão. Na sequência vai massacrar machos olhudos que tiveram sua libido provocada, dizer que são babacas nojentos, vandalizá-los por não saberem se controlar ou se comportar.

Babaca nojento é o codinome que usa para referir-se a homens que não se enquadram no draconiano padrão de beleza e status do seu macho objeto, mas tiveram a audácia de concluir que seus hercúleos esforços para ativar a libido masculina foram na realidade feitos com esse propósito mesmo: ativar a libido masculina. Em seguida vai fazer charminho e chorar lágrimas de cocodrilo para se declarar massacrada pelo inatingível padrão de beleza dos homens. Padrão de beleza dos homens é outro eufemismo que usa para referir-se ao padrão de beleza da minúscula parcela da população masculina que consegue atingir seus insanos padrões de exigência, os machos de exceção agraciados com sua soberana e sagrada validação de fêmea. 

Toda essa informação e muito mais está comprimida na declaração da nossa colega Natalia, mas se você não presta atenção, não vai saber que está ali. Como sempre digo, você precisa prestar atenção no que as meninas falam. Meninas estão sempre transmitindo uma quantidade catastrófica de informação quando falam, quando se movimentam, quando dançam com os olhos, quando dilatam as pupilas, quando mexem nos cabelos, quando enquadram os lábios, quando respiram, mas como você é moscão e não presta atenção, joga fora pelo ralo várias chances de molhar o biscoito de graça, fácil, sem precisar se esforçar muito. A criatura já cai mortinha na sua frente, mas como você está aguardando um contrato de consentimento, não enxerga os sinais de fumaça. Onde há fumaça, há fogo, e fogo serve pra isso: pra apagar. 

Entendeu agora por que é que não pode ter contrato de consentimento para apagar incêndio? Se o bombeiro precisa de autorização para fazer seu trabalho, quando chegar do cartório com o alvará já era. Vai ficar com a mangueira na mão porque só o que sobrou foi a fumaça.

Postagens mais visitadas deste blog

O Fardo da Mulher Extrovertida

Calabresa Fagundes

A Casada e o Shortinho

Iara Dupont

O Mundo de Cinderela