Efeito Feminist-Kruger

A feminilidade é tão frágil que se você usa todos para referir-se a um grupo composto por nove homens e uma mulher, feministas querem adulterar a língua com fim de criar um novo pronome neutro, visto que são frágeis demais para tolerar a ideia de que um pronome neutro seja masculino. As pessoas estão vendo essa palhaçada demente. Pessoas é feminino, mas é uma maneira de não especificar gênero quando nos referimos a um grupo. Quando você observa que neutralidade no masculino é opressão, mas neutralidade no feminino é normal, belo e moral, esse é o momento em que você descobre que o que feministas descrevem como opressão na realidade é mimimi de gente anormalmente desorientada por intoxicação ideológica grave. 

São tão anormalmente desorientadas que fantasiam que é necessário duas horas para demonstrar o quanto feministas são desorientadas. É muita desorientação. É possível fazer isso em menos de um minuto, coisa que, aliás, acabei de fazer. Se alguém precisa duas horas para mostrar que Feminismo é desorientação mental é porque foi vítima de womanterrupting e womansplaining. Se é coisa que feministas adoram fazer é interromper homens para explicar que eles não podem entender Feminismo porque são homens. Em seguida elas vão tentar explicar para eles aquilo que elas já garantiram que não podem entender em hipótese alguma porque tem um par de bolas.

O nome disso é efeito Feminist-Kruger. Feministas são desorientadas demais para entender o quanto são desorientadas.

Postagens mais visitadas deste blog

O Fardo da Mulher Extrovertida

Calabresa Fagundes

A Casada e o Shortinho

Iara Dupont

O Mundo de Cinderela