O Tio da Coca


Universa é uma fonte inesgotável de nonsense feminista. No artigo (link ao final) que explica porque não dá pra ser Tio da Sukita em 2018 encontramos mais uma entre milhões de razões para entender por que não dá para ser feminista em 2020. O Tio da Sukita é um erro, um símbolo de masculinidade tóxica porque desrespeita mulheres atacando menininhas em lugares impróprios, como elevadores. Como já sabemos, essa conversa de lugar impróprio e desrespeitar mulheres é mais tóxica que masculinidade tóxica. O problema não é a ocasião nem a atitude, o problema é que o Tio da Sukita não é o Leonardo DiCaprio, que hoje regula de idade com o Tio da Sukita e não cansou ainda de desrespeitar as garotas Sukita. Quando os tios Leonardos atacam, aí elas não são Sukitinhas indefesas em perigo. Viram corajosas guerreiras Playboy, como fez Michelly Sukita Machri, que posou na revista para delírio dos tiozões punheteiros e outros tarados objetificadores. 007 style, For your Eyes Only.

Fátima Bernardes é uma Tia da Sukita que atacou o garoto Sukita no elevador. Belo, moral e empoleirado. Ninguém vai dizer que ela está desrespeitando o menino ou que aproximou-se dele em ocasião imprópria. Pobre rapaz, foi devorado pela Tia Fátima pois hoje é só um chaveirinho de madame que o pessoal chama pelo nome de "Namorado da Sukita Bernardes", porque o nome desse garoto ninguém sabe, não quer saber e tem raiva de quem sabe. Força, guri! Ser o biscoitinho de bolso de tias inconvenientes e sem noção é ruim mas também é bom, especialmente quando elas estão com tudo em cima, são famosas e influentes, e seu saldo da conta bancária impresso em papel é maior que o seu tico.

Mulheres no meu tempo eram a Batgirl. Despachavam sozinhas bandidos da Sukita com desenvoltura, classe e categoria sem nem estragar o penteado. Hoje mulheres são treinadas pela patrulha feminista para achar que porque podem dar piti e chamar o Batman, elas são o Batman. Nem Batgirl não são. São mulheres mimadas e medrosinhas que têm síndrome de pânico na presença de homens feios. Enfim, viraram Cinderelas delirantes que acham que são a Capitã Marvel.

Para quem não sabe a história toda, o Tio da Sukita é um Avenger. Abaixo segue também o link do comercial da Mercedes com a vingança do Avenger Sukita. Esse comercial foi retirado de circulação supostamente por razões contratuais. O Tio era personagem da Sukita e não poderia ter sido usado pela Mercedes sem consentimento. Estupraram a Sukitinha. O machismo da vingativa sociedade patriarcal opressora não conhece limites. 

Já DiCaprio, o Tio da Coca, cansou de pegar menininhas de 25 anos e resolveu mudar os velhos hábitos. A idade já está batendo e ele tem que tomar vergonha na cara. Pra não virar Tio da Sukita, agora só ataca grupos de menininhas de 25. Há por aí paparazziclicks do Tio Leo cercado de beldades na praia. Um Dan Bilzerian comportado e come quieto, que diferente do Shupolin Colorado, não publica sua vida sexual no Instagram pra não ter o mesmo fim que encenou em Titanic. Que Frida o elimine, porque sozinho e por vontade própria do elevador não sai mais.

https://www.youtube.com/watch?v=DO-G7yju43w

http://lucianabugni.blogosfera.uol.com.br/uol_amp/2018/12/22/por-que-nao-da-mais-para-ser-tio-da-sukita-em-2018/


Postagens mais visitadas deste blog

O Fardo da Mulher Extrovertida

Calabresa Fagundes

A Casada e o Shortinho

Iara Dupont

O Mundo de Cinderela