A Espiã que eu Espiava


Uma red pill tem que ser algo que contraria o senso comum, mas parece que a modinha agora entre os redpillados é achar que tudo é red pill. Algo que é óbvio, intuitivo e conhecido não pode ser uma red pill por definição. Se você descobriu algo desse tipo ontem, você não tomou nenhuma pirulinha vermelha, apenas deixou de ser um bocó comedor de mosca que ainda não sabe o que é largamente sabido como a mais verdinha das verduras sabidas.

Observo vários por aí espalhando com ares de Nessahan Alita a verdura mística de que valores não molham calcinha de mulher. Táqueopariu, e você fica de pau duro com o quê, posso saber? Não vale mentir pro tio. Tio Luiz sabe o que você anda aprontando por aí no puteirinho e nos sites de sacanági. Ninguém entra em site pornô pra ver as honestas e puras aprontando honestices puritaninhas enquanto fazem beicinho gutchy gutchy bebê lindo da mamãe. O que querem encontrar em puteiros nem vou falar porque meu textão é família, e não um textículo X-Rated. Se você se excitasse com valores seria um parafílico, então a menos que você seja um alienígena que chegou na Terra ontem, já deveria ter inferido sozinho há muito tempo que mulheres, assim como você, não são parafílicas. 

O que elas curtem é outra coisa. Sabe aquilo que balança? Pois então. Quando você inventa de dar pra elas uma coisa ao invés de dar outra coisa porque acha que elas querem uma coisa, quando na realidade querem outra coisa, elas vão achar que você é um bocó. Vai ficar na punheta mesmo, porque a perseguida nem esfregando na sua cara não sabe do que se trata, nem muito menos o que fazer com aquilo. Depois vai para um canto chorar que as mulheres não valorizam os bons moços e seus valores. 

Com esse bom mocismo todo, no mínimo chupa xereca de canudinho fazendo cara de nojinho, se é que chupa alguma coisa. Bom moço não molha calcinha. Isso foi alguma fábula fantasiosa que você assistiu em um filme de ficção romântica para donzelas Corpúsculo de oito anos. Não tem como fabricar essa mágica, criatura das trevas. Abandona o barco porque umedecer lingerie não é sua praia. Aliste-se no Greenpeace e vá salvar as baleias com os seus valores elevados.

A Johansson da esquerda, se for o que aparenta na cama, não me gasto nem a dar bom dia. Isso aí não tem Ajinomoto, nem mesmo uma pimentinha. Totalmente sem sal. A Scarlett da direita é outra catiguria. Essa já vem com Arisco, completinha com sal, pimenta, alho, orégano, manjericão e outras especiarias. Viajada, fala no mínimo dez línguas. Ditaduras explodem quando ela está em campo. Maneja com desenvoltura armas brancas e de fogo de baixo calibre. Expert em Judô, Jiu Jitsu, Kung Fu, Capoeira, Muay Thai e Aikido. Zulivre! Uma chave de pernas dessa aí te racha ao meio, ômi. 

Agente Romanoff é a espiã que eu espiava. Essa nem precisa de licença para matar, porque já cai matando sem pedir licença mesmo. Para dar conta de uma Vingadora dessas o cara tem que estar verdão. Sem essa de canudinho. Sem essa de salvar as florestas do desmatamento. Deixe o bom mocismo pro Banner. Aliás, foda-se o Banner. É quando o Banner fica verdão que a Romanoff treme as perninha. Hulk smash the periquita.

Hilário também é ver caras perseguindo a Johansson da esquerda porque pensam que aquilo não é uma Romanoff. Mas porque alguém iria querer tal coisa? Explique-me de onde vem essa sua estranha tara por brochuras com sabor de rúcula passada? Você é sócio da Pfizer e consegue pirulinha azul grátis, é isso? Ou você está mentindo, ou você não é normal, então não minta pra mim, seu anormal. E depois, como é que você vai saber se a da esquerda não é uma Romanoff undercover? A da esquerda não tem como personificar Romanoff, mas Romanoff pode personificá-la melhor do que ela. É impossível detectar uma Romanoff. Se você conseguiu detectar uma Romanoff disfarçada, essa não é uma Romanoff legítima.

Até sua vó já estava careca de saber que as undercover são as melhores. Vovó, conforme o que saía cacofatamente da boca dela, dizia que o que homens querem é uma agente da Shield. Na fachada defende o ecossistema, mas quando está em missão é a Viúva Negra. Não dizia exatamente com essas palavras. Era algo mais literal e chulo mesmo. Sua vó era das preparadas. Quando a véia estava voltando com a limonada você ainda estava procurando o canudinho. Esquece esse canudinho, ômi! Enfia esse canudinho lá naquele lugar que pode ser que seja isso que vai fazer você ficar verdão de verdura.

Postagens mais visitadas deste blog

O Fardo da Mulher Extrovertida

Calabresa Fagundes

A Casada e o Shortinho

Iara Dupont

O Mundo de Cinderela