Houdini & Niemeyer

O mundo está cheio de coisas óbvias que não conseguimos ver até que alguém tenha uma inspiração e descubra o que está na cara. Um mero clips é de uma simplicidade franciscana, mas foram necessários séculos de existência de papéis soltos por aí até que alguém se desse conta do óbvio. 

Houdini foi um famoso ilusionista que descobriu uma dessas coisas mágicas a respeito da realidade. Ele achou um jeito de abrir qualquer fechadura ou cadeado sem a necessidade de chaves ou ferramentas. Há uma maneira muito simples de fazê-lo. A técnica é trivial. Está lá, bem embaixo de nossos narizes, mas como pensamos em tudo, menos no óbvio, não conseguimos ver. 

Penso que o Oscar Niemeyer foi como o Houdini. Ele enxergou alguma coisa muito óbvia: o segredo de destravar uma existência longa e com real significado. E é algo muito simples. Está lá, bem na nossa frente, mas como pensamos em tudo, menos no óbvio, não conseguimos ver.

Oscar, assim como Houdini, descobriu algo fantástico sobre o mundo. O problema é que os dois filhos-da-puta morreram sem contar pra ninguém o que é.


Postagens mais visitadas deste blog

O Fardo da Mulher Extrovertida

Calabresa Fagundes

A Casada e o Shortinho

Iara Dupont

O Mundo de Cinderela